Quais são as causas da incontinência do homem?

Qual é o segredo para tratar a incontinência da melhor forma?

Leia mais

A pessoa de quem cuida pode ter uma próstata inchada ou ter sido submetida a uma cirurgia para a remover?

O tipo mais comum de problemas urinários do homem é o gotejamento contínuo. Isto é muitas vezes causado por uma próstata inchada que impede a passagem de urina durante a micção. Isso faz com que a bexiga não se esvazie completamente. Uma próstata inchada pode também levar a Incontinência urinária de urgência, ou à "necessidade súbita de urinar".

A operação à próstata pode provocar o enfraquecimento temporário dos músculos levando à incontinência urinária de esforço – perdas involuntárias de urina ao rir, tossir ou no decurso de determinadas actividades físicas. Em alguns casos, os nervos e os músculos são danificados durante a cirurgia, o que pode provocar um problema mais permanente.

Ele perdeu mobilidade?

Por vezes, o simples facto de alguém não ter grande mobilidade devido a ferimentos ou à idade torna difícil reagir a tempo aos sinais da bexiga ou dos intestinos.

Ele padece de doença mental?

Se estiver a cuidar de alguém com doença mental, a causa poderá ser simplesmente o facto de ele não reconhecer a necessidade de urinar ou defecar ou, devido à doença, não conseguir responder a esses sinais.

Foi-lhe diagnosticado algum problema de saúde?

Determinados problemas de saúde, particularmente os que afectam o cérebro ou o sistema nervoso, como Alzheimer, Parkinson, demência, esclerose múltipla e danos cerebrais, podem causar incontinência. Isto deve-se ao facto de existirem lesões nas passagens nervosas provenientes do cérebro. Isto tanto pode levar a uma bexiga hiperactiva (a necessidade de urinar com muita frequência), como a uma bexiga hipoactiva (o seu esvaziamento incompleto, causando perdas). Pode também conduzir a incontinência fecal. A diabetes e/ou um AVC podem também acarretar incontinência.

Ele está a tomar medicamentos prescritos para outro problema de saúde?

A incontinência urinária do homem pode ser um efeito secundário de determinados medicamentos. Se a pessoa de quem cuida começou recentemente a ser medicada ou se mudou de medicamentos, e se este facto tiver coincidido com a incontinência, é aconselhável levá-la ao médico. Às vezes é possível alterar os medicamentos e reduzir as doses, ou até parar com eles.

Ele sofre de infecções urinárias com regularidade?

As infecções urinárias podem provocar a hipersensibilidade da bexiga. Os sintomas incluem a urgência, a frequência de esvaziamento durante o dia e a noite (ou em pequenas quantidades) e o não conseguir chegar a tempo à casa-de-banho.

Ele sofre de obstipação regularmente?

A obstipação é uma das causas mais comuns da incontinência fecal. A obstipação crónica pode provocar fezes duras compactas no recto que se tornam demasiado grandes para ele as conseguir expulsar. Em resultado disso, os músculos do recto e dos intestinos alargam-se e acabam por se tornar mais fracos. As fezes aquosas podem ter também passado à volta das fezes duras e escapar, causando incontinência fecal.

Os músculos do pavimento pélvico podem ter enfraquecido?

A bexiga e a passagem de saída são apoiadas e mantidas no local por uma rede de músculos (os músculos do pavimento pélvico) que mantêm a bexiga fechada. Os músculos vão enfraquecendo naturalmente com a idade, e quando perdem a sua força e flexibilidade, até as actividades mais vulgares, como tossir, podem provocar perdas.

Ele tem peso a mais?

Se a pessoa de quem cuida tem peso a mais, isso pode sobrecarregar os músculos abdominais e pélvicos, provocando perdas de urina.

Ele fuma?

A tosse do fumador pode se uma causa indirecta das perdas, especialmente devido à frequência e à violência fora do normal de cada vez que se tosse. Outro factor para os fumadores é o risco acrescido de contrair doenças do sistema circulatório e a subsequente prescrição de medicamentos diuréticos que vão aumentar a probabilidade de perdas.

Trata-se de uma criança?

As causas acima podem não se aplicar se estiver a cuidar de uma criança, por isso, talvez queira visitar a Área dedicada às crianças  para as causas específicas da incontinência infantil.

Se não tiver a certeza sobre qual é a causa da incontinência da pessoa de quem cuida, leia Causas ou vá a Tipos de incontinência para mais informações.