Que tipos de perdas de urina existem?

Dependendo da causa física, a incontinência pode assumir diferentes formas. Contudo, qualquer que seja o tipo de incontinência da pessoa de quem cuida, é importante lembrar que isso pode ser gerido com sucesso usando os produtos certos. Os tipos mais comuns são a incontinência de esforço e a incontinência de urgência, sendo, muitas vezes, uma combinação das duas. As seguintes perguntas ajudam a decidir.

Diga-nos mais sobre a sua situação respondendo a este rápido questionário

Como fala ao seu ente querido sobre os problemas urinários que o afectam?



Submeter

A pessoa de quem cuida é incapaz de ir à casa de banho ou não consegue lá chegar a tempo?

Incontinência funcional é a incapacidade de chegar a tempo à casa-de-banho devido à falta de mobilidade ou a doença mental como demência ou Alzheimer. A incontinência é muito comum em pessoas acamadas, confinadas a uma cadeira de rodas ou que não se conseguem deslocar sem ajuda.

A pessoa de quem cuida sofreu alguma lesão nervosa?

Determinados problemas de saúde como Alzheimer, Parkinson, AVC, diabetes ou esclerose múltipla podem resultar em Disfunções neurológicas da bexiga. Isto acontece quando o cérebro não consegue reconhecer os sinais para urinar, muitas vezes devido a lesão nervosa causada por ferimento ou doença.

As perdas inesperadas são causadas por esforço físico?

Incontinência urinária de esforço (SUI) ocorre quando a bexiga deixa escapar urina inesperadamente devido à pressão causada pelo esforço físico, como acontece ao tossir, espirrar, rir, levantar pesos ou fazer exercício. As quantidades de urina nessas perdas são normalmente pequenas, mas há excepções. Este é o tipo de incontinência mais comum nas mulheres.

A pessoa de quem cuida tem uma necessidade incontrolável de urinar sem aviso?

É provável que se trate de Incontinência urinária de urgência (UUI). A incontinência de urgência ocorre quando a bexiga tenta esvaziar-se apesar de todos os esforços para controlar a perda. Há uma falta de coordenação entre os impulsos que o cérebro envia para a bexiga e o que a bexiga faz. Isto pode resultar em perdas de urina consideráveis e fazer aumentar a frequência com que se urina. Este é o tipo mais comum de incontinência do homem e está normalmente relacionado com uma próstata aumentada ou com a cirurgia da próstata. Contudo, também é muito comum na mulher.

A pessoa de quem cuida sofre de mais do que um tipo?

Incontinência mista é uma combinação de mais de um tipo de incontinência. Por exemplo, muitas pessoas têm uma combinação de incontinência de esforço e de urgência.

A pessoa de quem cuida tem gotejamentos depois de urinar?

Incontinência por regurgitação afecta o homem quando a bexiga não se esvazia completamente e a urina se junta na extremidade do pénis e começa a gotejar. É normalmente causada por uma obstrução como impacto fecal, próstata aumentada, lesão nervosa ou anomalia na uretra.

A pessoa de quem cuida tem incontinência fecal?

A incontinência fecal é a passagem involuntária de fezes. Algumas causas da incontinência fecal são a obstipação ou a diarreia, danos nos músculos do esfíncter anal ou do recto, perda da capacidade de armazenamento no recto ou disfunção do pavimento pélvico.

Se a pessoa de quem cuida tiver incontinência fecal, consulte um profissional de saúde sobre o tratamento e a forma de lidar com o problema.

Agora que conhece os vários tipos de incontinência, irá querer saber o que pode fazer para tornar a vida o mais confortável possível ao seu ente querido e talvez ouvir alguns conselhos práticos de outras pessoas em situação semelhante à sua. Para isso, vá a O que pode fazer.

Se nenhum dos tipos de incontinência indicados parecer encaixar no estado do seu ente querido, o melhor é contactar um profissional de saúde para uma avaliação personalizada.