Parece estar localizado(a) em <country>

Visite o Site comercial da TENA para obter informação local.

Tipos e causas

As perdas urinárias e a incontinência podem acontecer por vários motivos. Saber o tipo de perda urinária que tem, e qual a sua causa, pode ajudá-lo a ficar um passo mais próximo do tratamento certo para si.
Tipos e causas das perdas urinárias e incontinência

Não está sozinho

As perdas urinárias acontecem entre um a quatro homens*, o que faz com que seja uma situação comum. Naturalmente, as perdas urinárias diferem de homem para homem, mas independentemente de estar a lidar com apenas algumas gotas de vez em quando ou com perdas maiores, pode ficar descansado pois existe ajuda à sua disposição e existem formas de o ajudar a manter o controlo das perdas urinárias.

* Com base em inquéritos realizados pela SCA em 2012, em homens acima dos 40 anos nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Itália, Rússia e México. Dados no ficheiro não publicados.

Testemunho

Foi muito bom saber que não estou sozinho.

Paulo
53

O que causa as perdas urinárias?

Para que o sistema urinário cumpra a sua função, o cérebro, os músculos e os nervos têm de trabalhar em conjunto para reter a urina na bexiga e não libertá-la até que esteja preparado. No entanto, existem muitos fatores que podem interferir neste processo. 


As causas comuns das perdas urinárias são:

  • Medicação, por exemplo, medicamentos diuréticos podem aumentar o risco de perdas urinárias.
  • Infeções urinárias.
  • Músculos temporariamente enfraquecidos devido a uma cirurgia à próstata.
  • Alterações no tamanho da próstata: por exemplo, um aumento da próstata pode obstruir a passagem da urina.
  • O excesso de peso coloca pressão extra nos músculos abdominais e pélvicos, o que dificulta a prevenção das perdas urinárias.
  • A diabetes ou doenças neurodegenerativas (Alzheimer, por exemplo).

Como pode ver, a causa das perdas urinárias pode depender de muitos fatores. Por conseguinte, é importante ter uma boa avaliação da sua situação específica, para que possa ter o tratamento certo. Isto significa que é importante obter um diagnóstico adequado através do seu médico.

Tipos comuns

Incontinência de urgência

A incontinência de urgência é também conhecida como “bexiga hiperativa” e é o tipo mais comum de perdas urinárias. A incontinência de urgência é quando sente uma urgência súbita de urinar, mas não consegue reter até chegar à casa de banho. Pode ter de urinar mais do que quatro a oito vezes por dia, além de várias vezes durante a noite. Esta situação está muitas vezes associada ao aumento da próstata ou em resultado de cirurgia à próstata.

Incontinência de esforço

Se tossir, espirrar, rir ou levantar artigos pesados normalmente resulta em perdas urinárias, é possível que esteja a lidar com incontinência de esforço. Esta é a condição mais comum nos homens que foram recentemente submetidos a uma cirurgia à próstata.

Pingos

Esta situação ocorre quando sente alguns pingos de urina mesmo depois de ter ido à casa de banho, mesmo que tenha “esperado e sacudido”. Existem dois tipos de pingos, pingos após micção e pingos terminais. Os pingos acontecem porque a bexiga não esvazia completamente enquanto está a urinar. Em vez disso, a urina acumula-se no tubo que conduz à sua bexiga. Uma causa comum dos pingos é um aumento da próstata ou enfraquecimento dos músculos do pavimento pélvico.

Incontinência de excesso de fluxo

Se tiver um fluxo de urina constante ou intermitente poderá tratar-se de incontinência de excesso de fluxo. Esta situação é causada normalmente por algo que obstrui o fluxo de urina, fazendo com que a bexiga encha demasiado e cause perdas.

What are cookies?

Lorem ipsum dolor sit amet lorem ipsum dolor sit amet lorem ipsum dolor sit amet.