Parece estar localizado(a) em <country>

Visite o Site comercial da TENA para obter informação local.

Como lidar com a saúde em declínio

Senhora jovem a abraçar senhora idosa – lidar com a saúde em declínio do seu ente querido

Lidar com a saúde em declínio de outra pessoa

Não seria ótimo se todos conseguíssemos manter-nos saudáveis em idades avançadas?
Os cientistas estão a trabalhar nisso. Mas até arranjarem soluções, o tempo continuará a ter os seus efeitos nos nossos corpos e mentes.
 
Já deve ter reparado nos sinais de envelhecimento e saúde em declínio em alguém de quem gosta. É importante compreender estes sintomas. E estar atento a eles. Desta forma, pode tomar medidas para preservar o mais possível a saúde do seu ente querido. 
Aparência descuidada

É importante prestar atenção à aparência do seu ente querido. O seu ente querido deixou de cuidar da sua aparência? Por exemplo, não penteia o cabelo ou não toma banho regularmente? Converse com o seu ente querido sobre pormenores em que tenha reparado. Tente encontrar um motivo para tal. Se a situação o preocupar, converse sobre isso com o médico.

Perda de memória

Todos podemos ser esquecidos, especialmente à medida que envelhecemos. Mas, caso a pessoa de quem está a cuidar se torne particularmente esquecida, é importante prestar atenção. Por exemplo, o seu ente querido sente dificuldade em lembrar-se de palavras comuns? Ou sente-se perdido num ambiente familiar? Talvez não consiga seguir direções. Estas coisas são fáceis de identificar, visto que provavelmente já o/a conhece bem. 
 
Se os sintomas o preocupam, incentive o seu ente querido a ir ao médico.

Perda de peso

O seu ente querido perdeu muito peso? Está demasiado magro? Isto poderá dever-se a diversos motivos. Observe outros sintomas relacionados. Por exemplo, é habitual o seu ente querido estar triste? Se estiver em baixo, talvez não lhe apeteça cozinhar. Ou talvez tenha perdido o apetite ou simplesmente não está a alimentar-se de forma adequada. O seu ente querido perdeu o paladar ou o olfato? Isto também pode afetar o apetite. 
 
Se está preocupado com a perda de peso do seu ente querido, marque uma consulta para fazer exames médicos.

Mau humor

É normal que as pessoas idosas fiquem mal-humoradas de vez em quando. Mas, se estiverem constantemente de mau humor, é importante descobrir porquê. Se a pessoa de quem cuida está constantemente infeliz, converse com ela. Pergunte-lhe o que a incomoda. Desta forma, poderá perceber se é necessário marcar uma consulta com um especialista.
 
Já deve ter reparado nos sinais de envelhecimento e saúde em declínio em alguém de quem gosta. É importante compreender estes sintomas. E estar atento a eles. Desta forma, pode tomar medidas para preservar o mais possível a saúde do seu ente querido.

Úlceras da pele

Se o seu ente querido é incontinente, esteja atento à saúde da sua pele. A urina pode reagir com a pele e irritá-la, provocando úlceras. Adicionalmente, a pele de adultos mais velhos é frágil e mais suscetível a irritações. Isto aumenta a probabilidade de lesões na pele. 
 
A melhor solução para as úlceras da pele é mantê-la limpa. Idealmente, utilize um produto de limpeza suave, tais como os produtos existentes na gama de cuidados da pele TENA – inclui um creme de lavagem que restaura e protege a pele delicada dos idosos.  Depois, aplique uma loção suave ou um creme anti-irritação/anti-erupção cutânea.