Parece estar localizado(a) em <country>

Visite o Site comercial da TENA para obter informação local.

Marque um golo à incontinência: a prevenção é a sua melhor jogada


As perdas de urina não são normais nem algo que costuma surgir “com a idade”. A prevenção é o elemento-chave: se quer marcar um golo à incontinência, consulte o médico perante os primeiros sintomas. Sabe quais são e como reconhecê-los? Explicamos-lhe tudo neste artigo.

Movember

Há muitos motivos que podem provocar perdas de urina, mas isto não significa que seja algo normal, de modo nenhum. A incontinência urinária masculina pode ser causada por uma cirurgia ou traumatismo pélvico que afete a musculatura da zona que controla a micção e do esfíncter, por patologias da próstata ou por diabetes... Por isso é tão importante consultar um especialista perante os primeiros sintomas de uma patologia relacionada com a próstata. Nem todos os homens sabem reconhecer estes sintomas, quais são e os que nos devem fazer “suspeitar”.

Devemos estar atento principalmente a estes:

1. Dificuldade para iniciar a micção.
2. Vontade de urinar ou micções com muita frequência.
3. Sensação de esvaziamento incompleto da bexiga e urgência para urinar.
4. Necessidade de fazer força sobre o abdómen para urinar.
5. Jato débil ou entrecortado.


Formas de prevenir a incontinência

A boa notícia é que certos hábitos muito simples podem ajudar-nos a prevenir ou mesmo a melhorar a incontinência. Claro, antes de mais devemos consultar o urologista logo que observemos alguns dos sintomas referidos acima ou as primeiras perdas de urina, por leves que sejam.

Mas há mais regras que deveremos seguir:

- Ter cuidado com a dieta, fazendo uma alimentação saudável e rica em fibra.
- Hidratação: beber 1,5 litros de águas por dia, mas evitar beber duas ou três horas antes de ir para a cama.
- Estabelecer um horário para as idas à casa de banho.
- Dizer não aos maus hábitos! Já sabemos o que significa: álcool e tabaco, quanto mais longe, melhor.
- Relaxar: o stress aumenta a pressão sobre a bexiga.
- Evitar carregar peso, para não causar contrações na bexiga: podem causar perdas de urina.
- Ter uma vida ativa e incluir na rotina de treino diário a prática de exercícios para o pavimento pélvico: são a melhor forma de prevenção, uma vez que reforçam a musculatura perineal.
- Não esquecer que não estamos sozinhos: a incontinência masculina afeta um em cada quatro homens.

E, sobretudo, continuar a fazer a vida habitual, sem medo, graças aos produtos TENA Men. Pode encontrá-los nas farmácias, onde lhe recomendarão os mais adequados para si. Que nada nos detenha!


Artigos relacionados

Manter-se ativo com perdas urinárias

Existem muitas formas de manter o controlo e continuar a vida como quer, independentemente do tipo de perdas urinárias que tem.

Como falar sobre perdas urinárias

Falar sobre assuntos pessoais pode ser desconfortável, mas a chave para encontrar uma solução é um diálogo sincero e franco com o seu médico e com as pessoas que lhe são mais próximas.