Parece estar localizado(a) em <country>

Visite o Site comercial da TENA para obter informação local.

Infeção do Trato Urinário nas mulheres

Ilustração sobre como as bactérias infetam a bexiga numa infeção do trato urinário
É possível que já tenha tido alguma Infeção do Trato Urinário (ITU), já que cerca de metade das mulheres são afetadas por este tipo de infeção em algum momento das suas vidas. Também é possível que, se já a teve alguma vez, venha a tê-la novamente. Eis algumas dicas sobre como poderá detetar uma infeção e até evitá-la.

O que é uma Infeção do Trato Urinário?

A ITU é causada quando as bactérias invadem o trato urinário, causando infeções que são desagradáveis e dolorosas e, para muitas pessoas, um problema recorrente. Normalmente, a infeção é provocada pelas nossas próprias bactérias, quando estas entram em locais que não deviam, sendo o tipo mais comum a E. Coli, que habitualmente vive no intestino. A Staphylococcus Saprophyticus é também uma fonte muito comum de infeções entre mulheres jovens. No entanto, as infeções podem, por vezes, ser causadas por outros tipos de bactérias.

O risco é maior nas mulheres do que nos homens, e isto deve-se principalmente à anatomia. A uretra feminina é mais pequena e está mais próxima do ânus, a partir do qual as bactérias podem invadir o trato urinário.

Nas mulheres, os níveis de hormonas de estrogénio decrescem com a idade, o que leva a que as paredes do trato urinário se tornem mais finas e secas. Além disso, a membrana de muco protetor, ou simplesmente mucosa, torna-se menos ácida com a idade, o que reduz a capacidade de combate às infeções. É por esta razão que se recomenda o tratamento com a hormona de estrogénio na prevenção de ITU.

Quais os sintomas de uma infeção do trato urinário?

  • Sentir dor ou ardor ao urinar
  • Ter vontade constante de ir à casa de banho e micção frequente
  • Expelir pouca quantidade de urina de cada vez
  • Encontrar vestígios de sangue na urina
  • Urina com odor forte, ou urina que se apresenta escura ou turva
  • Sentir frio, mas normalmente sem estar com febre
  • Ter incontinência urinária súbita

De uma ITU Inferior para uma ITU Superior

Quando uma infeção afeta a uretra e a bexiga, chama-se ITU Inferior. Se as bactérias se propagarem para os ureteres e para os rins, então temos uma ITU Superior. Caso isto aconteça, os sintomas tornam-se mais graves como, por exemplo, dores nas costas, náuseas e febre. Estas infeções são potencialmente graves já que podem causar danos aos rins, e até falha dos mesmos, se não forem tratadas adequadamente. Eventualmente, podem levar a uma urosepsis, uma infeção da corrente sanguínea que requer tratamento intensivo.


Como fazer desaparecer uma infeção urinária?

A maior parte das infeções é eficazmente tratada com recurso a antibióticos. Frequentemente, é necessário um teste de urina para identificar a bactéria que causou a infeção e o antibiótico mais adequado para a combater. Em mulheres saudáveis, as infeções moderadas podem curar-se espontaneamente, mas se tem sintomas graves de uma ITU, deve procurar um médico.

O que pode fazer para aliviar os sintomas de uma ITU?

  • Manter-se hidratada para expelir as bactérias para fora da bexiga
  • Os anti-inflamatórios não-esteroides (AINE*) podem aliviar a dor e reduzir a febre e a inflamação
  • Pode também colocar uma almofada térmica no fundo das costas ou sobre o estômago para aliviar a dor

Como prevenir uma infeção antes que ela se instale?

O método de prevenção mais importante é manter a zona genital limpa, saudável e capaz de se proteger a si própria das infeções. Igualmente importante é expelir as bactérias através de uma boa hidratação! Finalmente, tente certificar-se de que esvazia completamente a bexiga, já que as bactérias podem propagar-se na urina residual.

Existem muitas recomendações acerca de como prevenir ITU, mas que não se encontram comprovadas cientificamente (pelo menos, por enquanto). Claro que não há mal nenhum em experimentá-las para ver se funcionam. Abaixo, poderá encontrar algumas dicas que a poderão ajudar a evitar uma ITU – que foram mais ou menos comprovadas cientificamente.

Algumas dicas para evitar ITU:

  • Depois de usar a sanita, recomenda-se que se limpe da frente para trás
  • Tente não lavar demasiado a sua sensível zona genital, nem usar sabões agressivos, pois isso poderá causar desequilíbrios e irritações.
  • Use a loção de lavagem TENA para a sua zona íntima e o creme TENA para proteção.
  • Tenha o especial cuidado de secar a pele depois de trocar produtos de higiene, já que as bactérias proliferam em áreas húmidas
  • Use produtos para a incontinência TENA, de elevada qualidade e respiráveis, os quais são seguros e suaves para a pele.
  • Recomenda-se que urine após a relação sexual
  • Consumir vitamina D em quantidades suficientes produz um efeito positivo no sistema imunitário
  • Se tem tendência para ITU, tente tomar duche em vez de banho de imersão
  • Pode ainda usar estrogénio vaginal de aplicação local, mesmo que ainda não tenha entrado na menopausa
  • Evite preservativos com espermicida, pois podem aumentar o risco de infeção

Se tem dificuldades em esvaziar completamente a bexiga, eis o que pode fazer para o conseguir:

  • Ao utilizar a sanita, sente-se numa postura que relaxe o pavimento pélvico, inclinando-se ligeiramente para a frente com os joelhos dobrados e com os pés repousando no chão ou num banco baixo
  • Quando terminar de urinar, levante-se e sente-se novamente e repita este movimento algumas vezes. Desta forma, encoraja-se a expulsão da urina que restou da primeira vez.

 

*Os anti-inflamatórios não-esteroides (AINE) são uma classe de analgésicos que reduzem a dor, a febre e as inflamações.