Parece estar localizado(a) em <country>

Visite o Site comercial da TENA para obter informação local.

Incontinência? Faça uma alimentação saudável


Todos sabemos que uma dieta equilibrada contribui para uma melhor saúde e bem-estar, mas nem todas as pessoas sabem que é muito importante para combater a incontinência urinária.

Incontinência? Faça uma alimentação saudável

Evite o excesso de peso

Coma bem para evitar o excesso de peso. Além de não ser benéfico para a sua imagem, o excesso de peso acarreta muitas complicações médicas, entre as quais, provoca um agravamento da incontinência. A razão é simples: o peso em excesso exerce mais pressão sobre as paredes da bexiga e, consequentemente, aumenta a vontade de urinar.

Quando se fala de dieta ou alimentação saudável, há regras incontornáveis: coma frutas e legumes e diga adeus aos fritos, às bebidas estimulantes (refrigerantes com cafeína, café e chá) às bebidas alcoólicas e aos doces. Além disso, deve evitar alimentos picantes, muito condimentados e citrinos, porque irritam o urotélio, isto é o epitélio que reveste todo o trato urinário.


Acabe com a prisão de ventre

No carrinho das compras, não podem faltar produtos com fibra. Se o seu intestino não elimina o que ingere, os nervos que se encontram no reto mantêm-se hiperativos e aumentam a frequência de esvaziamento da bexiga. Mas, acima de tudo, não deixe de hidratar-se, dado que a urina pode concentrar-se e irritar a bexiga.


Aposte nas sementes de abóbora

Sabia que os especialistas recomendam sementes de abóbora porque melhoram o funcionamento da bexiga e da próstata? Os óleos ou extratos deste alimento podem ser importantes no tratamento da hiperplasia prostática benigna (HPB) porque têm elevados níveis de ácidos gordos e esteróis (extratos naturais). Neste sentido, comer sementes de abóbora reduz a micção voluntária, porque otimiza o funcionamento do aparelho urinário. Também são muito ricas em ómega-3 e indicadas para combater as insónias e a ansiedade.


Outras recomendações úteis

 É igualmente recomendável aumentar o nível de testosterona para combater a incontinência, dado que um baixo nível de testosterona debilita o pavimento pélvico e o esfíncter uretral. As ostras e as gemas de ovo ajudam a aumentar os valores desta hormona, porque além de terem um elevado teor nutricional, são fontes de vitaminas (como as vitaminas B12 e D). O abacate – cuja árvore era conhecida pelos astecas como “árvore do testículo” – é rico em vitamina B6, que regula os andrógenos, as hormonas esteroides produzidas de forma natural e que são precursores da testosterona.

 Somos o que comemos. Por isso, se sofre de perdas de urina, o melhor é ter cuidado com a sua alimentação. Antes de iniciar qualquer dieta, recomendamos que consulte o seu médico, que será a pessoa mais indicada para lhe dar algumas orientações em função dos seus sintomas, hábitos de vida e historial médico. 

Artigos relacionados

Sair quando se tem perdas urinárias

Muitos homens com perdas urinárias preocupam-se quando se trata de atividades sociais. O medo das perdas urinárias pode ser um obstáculo, mas com um plano apropriado, poderá manter-se protegido contra as perdas e manter a confiança.

Manter-se ativo com perdas urinárias

Existem muitas formas de manter o controlo e continuar a vida como quer, independentemente do tipo de perdas urinárias que tem.

What are cookies?

Lorem ipsum dolor sit amet lorem ipsum dolor sit amet lorem ipsum dolor sit amet.