Parece estar localizado(a) em <country>

Visite o Site comercial da TENA para obter informação local.

Hormonas da felicidade: sinta-se bem a praticar desporto


É um facto que praticar desporto melhora o estado de espírito. Contamos-lhe o que acontece ao corpo, para que se sinta tão feliz e relaxado depois de praticar desporto, e quais são os melhores exercícios para se sentir bem.

Hormonas da felicidade: sinta-se bem a praticar desporto

O exercício físico, além de nos ajudar a manter um corpo saudável, proporciona-nos uma sensação de bem-estar. Esta sensação de prazer deve-se à quantidade de hormonas que o nosso corpo ativa durante a prática desportiva e cujos efeitos podem durar horas depois de se terminar o treino.

Durante o período de exercício físico intenso as necessidades do corpo mudam e são ativadas mais de 50 hormonas diferentes. Estas substâncias são segregadas de maneira natural pelas glândulas responsáveis pelo correto funcionamento do organismo. Entre elas, estão as responsáveis por aquele prazer que sentimos depois de fazer exercício: a dopamina, a serotonina e a endorfina.

 

Dopamina

É a hormona que produz sensação de prazer e é a responsável por gostarmos de fazer exercício. Está diretamente relacionado com os objetivos que definimos. Com o desporto regulamos os níveis de dopamina, pelo que deste modo evitaremos outras formas menos saudáveis de obter prazer, como os doces, o álcool ou o tabaco.

Além disso, a dopamina melhora as capacidades de aprendizagem e memória. Pode aumentar os níveis desta hormona com 20 minutos intensos de exercício aeróbico, como correr ou andar de bicicleta.


Serotonina

O corpo utiliza esta hormona para nos fazer sentir bem, mas é também a hormona responsável por descansarmos corretamente e pela regulação do nosso apetite. Os níveis elevados de serotonina fazem com que tenha sentimentos positivos e até fazem aumentar a autoestima, fazendo sentir-se melhor consigo mesmo.
 
Para usufruir deste antidepressivo natural, basta dedicar pelo menos 30 minutos diários a exercícios como tai-chi, pilates ou ioga.

Endorfina

Também conhecida como a morfina natural, esta hormona exerce potentes efeitos analgésicos e ansiolíticos no corpo. É responsável pela diminuição da sensação de dor e por anular as emoções e sensações negativas.
 
Os desportos de fundo fazem com que o organismo segregue mais endorfinas. Para obter um nível excelente desta hormona, é recomendável praticar 30 a 45 minutos de exercícios num nível de intensidade leve a médio, como correr, nadar ou remar, entre outros.
 
Agora que já sabe, se tiver um mau dia ou estiver a passar por um mau momento, dedique pelo menos 45 minutos, 3 dias por semana, a fazer exercícios aeróbicos e vai sentir-se física e psicologicamente melhor.




Artigos relacionados

Manter-se ativo com perdas urinárias

Existem muitas formas de manter o controlo e continuar a vida como quer, independentemente do tipo de perdas urinárias que tem.

Como falar sobre perdas urinárias

Falar sobre assuntos pessoais pode ser desconfortável, mas a chave para encontrar uma solução é um diálogo sincero e franco com o seu médico e com as pessoas que lhe são mais próximas.