Parece estar localizado(a) em <country>

Visite o Site comercial da TENA para obter informação local.

O ABC do urologista: para entender melhor o seu médico especialista


Hiperplasia, adenoma, sedimento urinário... Se estes termos lhe parecem chinês quando vai ao urologista, dê uma olhada ao nosso glossário. Vai entender-se melhor e mais facilmente com o seu médico.

urologista

Hiperplasia, adenoma, sedimento urinário... Se estes termos lhe parecem chinês quando vai ao urologista, dê uma olhada ao nosso glossário. Vai entender-se melhor e mais facilmente com o seu médico.


Os termos médicos não são simples. Ainda que normalmente os especialistas procurem explicá-los de forma mais ou menos inteligível, de vez em quando usam palavras que parecem pertencer a outra língua. O Urologista não é uma exceção. Muitas expressões que ouvirá numa consulta são termos técnicos ou siglas que correspondem a exames e a patologias menos graves do que parecem quando os ouve pela primeira vez. Dê uma olhada ao nosso glossário para saber de que fala o seu médico e para se entender melhor com ele, desde a primeira consulta.


Quer saber mais sobre a primeira consulta com o urologista? Clique aqui


Adenoma: porção da próstata que aumenta e que geralmente obstrui a saída da urina.

Andropausa: desaparecimento progressivo da atividade das glândulas sexuais do homem. A origem está na diminuição da produção de testosterona.

Crescimento prostático benigno: crescimento da próstata que ocorre com a idade e que está relacionado com as alterações hormonais. É conhecido como “inflamação da próstata”, apesar desta designação ser incorreta.

Descompressão renal: aliviar, através de um cateter, a pressão de um rim afetado por uma obstrução.

Ecografia abdómen-pélvica: exame feito através de uma imagem que permite verificar o estado dos órgãos abdominais, como o fígado, a vesícula, o pâncreas, o baço, os rins e a bexiga. Também torna possível ver a aorta abdominal e, nos homens, a próstata.

Epidídimo: órgão situado na borda posterior do testículo, onde amadurecem e se armazenam os espermatozoides.

Hiperplasia benigna da próstata: aumento não canceroso da glândula prostática; este aumento ocorre progressivamente com a idade.

Micção: urinar

Nictúria: acordar para urinar mais de uma vez durante as 6 ou 8 horas de sono.

PSA: estas siglas em inglês correspondem ao Antígeno Prostático Específico, uma proteína que é detetada nas análises ao sangue. É conhecida como um marcador tumoral do cancro da próstata.

Próstata: órgão que pertence ao aparelho reprodutor masculinos; está situado mesmo debaixo da bexiga e à frente do reto. Tem o tamanho aproximado de uma noz e envolve a uretra. Produz o líquido que faz parte do sémen.

Prostatite: inflamação da glândula prostática.

Sedimento urinário: depósito dos materiais orgânicos e dos sais inorgânicos que aparecem no fundo de um recipiente de urina (utilizado para o estudo do referido sedimento) quando mantida em repouso.

Toque retal: o nome já diz tudo, mas incluímo-lo neste glossário para quebrar mitos. Não é necessário nenhuma preparação intestinal e não é verdade que seja doloroso ou que possa provocar que o paciente evacue durante o exame. É incomodo, mas menos do que uma limpeza dental e salva vidas.

Urologista: médico especialista em urologia, que estuda a anaomia, fisiologia, doenças do aparelho urinário e, no homem, do aparelho genital.

 


Artigos relacionados

Manter-se ativo com perdas urinárias

Existem muitas formas de manter o controlo e continuar a vida como quer, independentemente do tipo de perdas urinárias que tem.

Como falar sobre perdas urinárias

Falar sobre assuntos pessoais pode ser desconfortável, mas a chave para encontrar uma solução é um diálogo sincero e franco com o seu médico e com as pessoas que lhe são mais próximas.