Parece estar localizado(a) em <country>

Visite o Site comercial da TENA para obter informação local.

Enfrente a incontinência urinária em cinco passos


Aceite a realidade. Partilhamos consigo alguns truques que pode usar diariamente para aproveitar mais a vida.

Enfrente a incontinência urinária em cinco passos

“Aprendi que a coragem não é a ausência do medo, mas sim o triunfo sobre ele. O homem de coragem não é o que não sente medo, mas aquele que o vence”, Nelson Mandela 


As perdas de urina são muitas vezes uma realidade aborrecida que surge e não queremos enfrentar. No entanto, essa atitude não é a solução mais inteligente. Aceite os factos e procure soluções. Assim, evitará frustrações e sentimentos de angústia que o podem levar a pensar que é a única pessoa no mundo que sofre de incontinência urinária.Conquiste os seus medos, o stress e as emoções.

Sentir-se-á muito mais saudável, muito embora a incontinência possa persistir.

1 - Mexa-se. Perante estas perdas, normais e que afetam um terço dos homens na meia-idade, reconheça o que lhe está a acontecer e comece a procurar soluções. Primeiro, procure aconselhamento junto de profissionais, consulte especialistas (link para a primeira consulta de urologia) e pense em estratégias para que possa vencer esses problemas, tal como dizia Mandela.

2 - Depois de saber de que tipo de incontinência se trata (temporária ou não) e o grau (ligeira, moderada ou grave)veja de que forma afeta a sua vida e quais são as orientações mais adequadas para si. Poderá ter de fazer algumas alterações na sua vida, nomeadamente na alimentação, consumo de líquidos (link), desporto ou até vida sexual (link para o artigo sobre sexo). Informação é poder. Saber o que pode fazer e como irá contribuir para a sua autoestima e ajudá-lo nas suas decisões.


3 - Trabalhe para ter um corpo melhor, porque estar mais saudável faz parte da solução. Controle o seu peso, o que bebe e come, deixe o tabaco e faça desporto. O excesso de peso é um dos fatores de risco da incontinência urinária. Para evitar o excesso de peso, faça uma dieta saudável e rica em fibra, e pratique exercício físico. Os exercícios hipopressivos podem ser uma grande ajuda (link). Trata-se de ser ativo e procurar soluções. Trabalhe a inteligência emocional e conte o que se passa consigo. Não é um caso isolado. Além disso, a utilização de absorventes específicos para as perdas de urina ajudá-lo-ão a ganhar confiança e continuar com as suas atividades sociais com total normalidade.

4 - Aprenda a relaxar. Outra das técnicas mais recomendas pelos psicólogos é o relaxamento. É fundamental que aprenda a relaxar os músculos e, ao mesmo tempo, a mente. Evite o stress e a aprenda a conviver com este problema, sem que interfira com o seu dia a dia e o impeça de desfrutar dos seus hobbies.

Continue com a sua vida. O melhor conselho é que continue com a sua vida sem ficar angustiado pelas perdas de urina. Começámos com uma citação de um grande pensador e acabamos com uma frase do escritor Mark Twain: “O segredo de progredir é começar”.


Artigos relacionados

Sair quando se tem perdas urinárias

Muitos homens com perdas urinárias preocupam-se quando se trata de atividades sociais. O medo das perdas urinárias pode ser um obstáculo, mas com um plano apropriado, poderá manter-se protegido contra as perdas e manter a confiança.

Manter-se ativo com perdas urinárias

Existem muitas formas de manter o controlo e continuar a vida como quer, independentemente do tipo de perdas urinárias que tem.